Como ser bem sucedido na busca de um novo emprego

Olá participante da Rede Profissional Linkedin

“Tenha sempre em mente, que o fato de não ter sido bem sucedido em determinado processo seletivo não significa necessariamente alguma deficiência profissional.”

Atuo na área de Recursos Humanos há mais de 30 anos, tempo suficiente para saber que não existe fórmula mágica para se conquistar um bom emprego.O processo de seleção nas empresas é complicado, principalmente por envolver fatores subjetivos. Apenas para exemplificar, vivenciei em várias ocasiões, situações em que candidatos com excelente perfil profissional, adequados para preencher a vaga, por ocasião da entrevista final com o responsável da área foram descartados por motivos pessoais. Simplesmente o responsável pela área não se identificou pessoalmente com o candidato apesar de considerar a pessoa certa para preencher a vaga.

Tenha sempre em mente, que o fato de não ter sido bem sucedido em determinado processo seletivo não significa necessariamente alguma deficiência profissional. Invariavelmente a questão pessoal é fator de decisão para contratar ou não determinado profissional. Não existe o melhor ou o pior candidato e sim aquele e reúne competências técnicas e comportamentais mais adequadas para o desempenho do cargo.

No mundo corporativo existe uma realidade que não se aprende na faculdade e, mais cedo ou mais tarde temos que aprender a lidar.  Nem sempre um Chefe, Gerente ou Diretor desempenham suas funções apenas por reunir condições técnicas e comportamentais para tal. Muitas vezes são titulares do cargo por política interna da empresa, indicação, parentesco, recomendação e por vários outros fatores. Descobrimos que para desempenhar uma atribuição com sucesso, temos que lidar com diversos interesses e precisamos obter consenso da equipe sem o qual nada se realiza adequadamente.

A linha do tempo da nossa vida profissional é um eterno aprendizado, oferecendo cada vez mais dificuldades que devemos encarar com equilíbrio e competência. Cortes nos processos seletivos, promoções não concretizadas, salário inadequados são questões que devemos estar preparados para enfrentá-las.

Bons salários nem sempre correspondem, na mesma proporção, ao nível de competência. No cotidiano das empresas sempre constatamos injustiças e temos que conviver com elas. Entretanto, sair da zona de conforto, enfrentar desafios, tentar, errar, tentar novamente e acertar demonstra o tamanho do sucesso profissional que é diretamente proporcional à dedicação e perseverança. É preciso ter capacidade para encontrar novos caminhos, ter ousadia e equilíbrio para mudar, ser apaixonado pelo que faz enxergar oportunidades e segui-las até atingirmos nossos objetivos.

Marco Aurelio
Recursos Humanos
Site Engenharia Civil Brasil

Rede Linkedin – Grupos
Engenharia Civil Brasil
Vagas Engenharia Civil Brasil

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *