Quando a vida profissional começa sufocar a vida familiar… vale a pena?

Recentemente escrevi um artigo de título “Status profissional + dinheiro = felicidade? Nem sempre!”, alertando sobre as escolhas profissionais baseadas simplesmente no cargo pretendido (status) e remuneração desejada (dinheiro), que podem ser muito perigosas a médio/longo prazo.   Agora, inspirado por uma conversa recente que tive com minha esposa, onde alinhávamos nossos anseios individuais para …

Responda em poucas palavras: Por que deveríamos contratá-lo?

Você já deve ter ouvido essa “pérola” dos recrutadores ao final de uma entrevista profissional. Geralmente aquela última perguntinha capciosa antes de finalizar a entrevista. Conversei com alguns amigos que já passaram por isso e todos partilham da mesma opinião, é perturbador.   Não que existam dúvidas sobre a nossa capacidade profissional, mas naquele momento …

Status profissional + dinheiro = felicidade? Nem sempre!

Por mais absurdo que isso possa parecer, nem sempre a receita status + boa remuneração resultará em felicidade e satisfação.   É bem verdade que dinheiro não faz mal a ninguém, ainda mais se vier em uma boa quantidade, mas acredite, isso será um fator motivador apenas no primeiro mês de trabalho, quando você receber …