Processos digitais e a nova era dos processos ágeis

José Davi Furlan Em uma apresentação no KES em 2015, John Newbigin citou que a empresa de maior sucesso na área de varejo no Reino Unido naquele ano foi a John Lewis e as razões pelas quais se tornou a cadeia de lojas mais bem-sucedida e à frente de todos os concorrentes foram duas. Em …

70% das empresas no Brasil vão fechar as portas nos próximos 10 anos

Nos próximos 20 anos não teremos uma nova geração, mas sim uma nova civilização. Os que lideram a construção do futuro estão rompendo com paradigmas e se libertando de modelos pré-estabelecidos, instituições, multinacionais e governos. A regra agora é quanto maior, menor a capacidade de adaptação e sobrevivência. É o prenúncio de mais uma era …

Se existe está obsoleto

Tradicionalmente, uma vez que uma grande mudança ocorre, gestores acreditam que as operações de negócio podem ser deixadas sozinhas por um tempo considerável. Quando o nível do desempenho alcança bons resultados é fácil esquecer como tudo começou e se manter comprometido com a manutenção do nível de serviço. Essa perspectiva é equivocada, pois uma vez …

Organização base zero

Organização base zero é operar com máxima eficácia e eficiência concentrando-se nas partes do negócio em que o valor é gerado e ser implacável contra o desperdício e a capacidade ociosa. Com o avanço dos negócios digitais e na sequência de crises do sistema econômico, as organizações estão descobrindo novas formas de operar que desafiam …

Avançando sem retrocessos na transformação

Cultura não é algo que se altere com facilidade, somente ocorre uma mudança cultural quando as pessoas mudam seus comportamentos por um período de tempo suficiente que não permita retorno ao modo anterior (Chip Conley diz que “cultura é o que acontece quando o chefe não está por perto”). O compromisso com uma nova operação …

Mantendo a relevância em tempos de mudança

Perguntado como fazia uma escultura, Michelangelo respondeu “simplesmente retiro do bloco de mármore tudo que não é necessário”. Mas quando se lida com pessoas retirá-las não é tão simples, redução de quadros é uma ação delicada e pode arruinar o moral se conduzida de maneira descuidada. Demissões são necessárias por várias razões como resultado de …

Rompendo com a maldição do legado

Objetivos de curto prazo têm pouco a ver com objetivos de longo prazo e podem colocar iniciativas de Business Transformation no caminho do desastre. É o caso de redução de equipe. Simplesmente ninguém irá cooperar se perceber que seu emprego está em risco. Onde quer que essas metas de curto prazo estejam ocultas, as pessoas …

Engajamento para transformação

Pode-se simular à exaustão o estado futuro para trazer conforto decisório, mas só será possível saber se um novo modelo de negócio realmente será um sucesso a partir do momento que for vivenciado no dia a dia. Já que mudança é inevitável, é preciso trabalhar o medo e a resistência e expandir a capacidade de …

Mudar. O contrário disso é extinção

Assista ao Webinar ” Business Transformation: O futuro começa agora, faça parte dele” nessa quarta-feira,  12/08 das 13h00 às 13h30. Junte-se ao vivo com José Davi Furlan para entender como Business Transformation irá revolucionar os negócios nos próximos anos Inscrição gratuita pelo linkhttp://evts.at/1NeLFXA Transformações mudam a forma do negócio e, portanto, exigem compromisso executivo de …

Impulsionando Business Transformation

Toda organização tem uma cultura que influencia como o trabalho é executado. Não se pode produzir um desenho do estado futuro e esperar implementá-lo sem construir uma capacidade para se mover do presente, boas intenções de Business Transformation falham porque não proveem atenção suficiente à aceitação da mudança. O fato é que muitas pessoas resistirão …