Categorias
Brasil Goiás (GO) Hotel O que fazer em Passeios turísticos Pontos turísticos Restaurante

Pirenópolis um refúgio no coração do cerrado

Pirenópolis é aquele refúgio no coração do cerrado perfeito para renovar suas energias. Ela fica entre duas capitais, Brasília e Goiânia.

Pirenópolis é aquele refúgio no coração do cerrado perfeito para renovar suas energias. Ela fica entre duas capitais, a cerca de 150 quilômetros de Brasília e 130 quilômetros de Goiânia.

Pirenópolis é uma cidade do interior do estado de Goiás que mantém vivo parte da história goiana. Possui um ambiente de extrema beleza natural e com um povo festivo e hospitaleiro.  Ela mantém seu aspecto antigo e bucólico e foi tombada como patrimônio nacional.

No centrinho histórico ficam as preservadas construções coloniais, como os sobrados e as igrejas. Já nos arredores, escondidas em meio à natureza privilegiada, estão as reservas ecológicas repletas de cachoeiras e fazendas históricas. Como as várias cachoeiras, na sua maioria, fica dentro de reservas ecológicas, você terá que pagar ingresso para visitá-las.

Em tempos de pandemia, o número de visitantes é limitado e recomendamos a compra de ingressos de forma antecipada, principalmente para o final de semana, pois acabam rápido. Tentamos comprar quando chegamos na cidade e não conseguimos ir as cachoeiras pois todos os ingressos já tinham sido vendidos.

Para quem mora em Brasília, Goiânia e região, Pirenópolis é perfeito para aquele bate e volta quando você está com pouco tempo ou, para um final de semana. Recomendamos que antes de ir compre ingresso para algum atrativo ou faça reserva em alguma hospedagem na cidade, pois conforme decreto municipal, para visitar Pirenópolis é obrigatória a apresentação do voucher de hospedagem ou visitação de atrativo.

Gastronomia

Quem visita Pirenópolis não pode deixar de conhecer a Rua do Lazer, um dos principais atrativos da cidade. É uma rua repleta de bares e restaurantes, instalados em belíssimas casas em estilo colonial. Tem opções para todos os gostos e bolsos.

Na verdade, a rua fica localizada na Rua do Rosário. Esse trecho foi denominado “rua do lazer” em 13 de maio de 1997 através de um decreto municipal.  O restaurante que fomos foi o Encontro Marcado. Restaurante e Bar com área externa, petiscos, pratos, chope, drinks e ao som de música ao vivo. Veja no vídeo completo e imagens do ambiente.

Comemos também nos restaurantes que ficam na Villa do Comendador, mas estes vamos mostrar em outro vídeo com detalhes da estadia lá.

Os restaurantes de Pirenópolis não se destacam apenas pelos sabores regionais. A cidade também oferece bons cardápios que rodam o mundo em pratos bem elaborados. A variedade é capaz de agradar a todos os gostos, mesmo os mais requintados.

O investimento vai depender do orçamento de cada um, mas há opções para todos os bolsos. A cidade preza muito pela boa gastronomia e é comum ver cardápios caprichados e festivais gastronômicos que agitam a cidade.

Os saborosos pratos típicos de Goiás são destaque na experiência de viagem por Pirenópolis e vale experimentar cada um deles. Você poderá investir nos pratos à base de pequi; nas maravilhosas galinhadas; no empadão goiano (com ou sem guariroba); nas tradicionais pamonhas (de sal ou de doce); a tradicional carne de lata e nas chapas quentes com diversas combinações para acompanhar as cervejas e vinhos locais.

Há diversos restaurantes na cidade que servem pratos tradicionais, mas no almoço não tem mais tradicional do que o restaurante As Flôr. Irmos almoçar lá é praticamente uma tradição. O restaurante foi fundado em 1972, sendo um dos mais antigos da cidade.

Ele oferece pratos típicos da região e doces caseiros, em ambiente rústico e aconchegante. Comida excelente, bem servida no prato comercial, onde todas as variedades de comida são servidas na mesa e repostas conforme seu pedido.

Grande variedade de legumes e verduras cozidas e cruas, em saladas e refogadas. Três tipos de carne e demais acompanhamentos. Atendimento cortês, porém, demora se o restaurante estiver meio cheio. Excelente opção para quem quer um preço mais acessível ou comer à vontade. 

Contato

https://restauranteasflor.negocio.site/

Telefones: (62) 3331-1276 ou (62) 98493-0379 ou (62) 99480-9125

Endereço:  Avenida Prefeito Sizenando Jaime, 16, Centro Pirenópolis – GO – Brasil

CEP 72980-000

Horário de funcionamento de quinta a segunda das 11:30 às 15:00 Terça e quarta-feira ele fica fechado.

Lazer e infraestrutura

Ao chegar a Pirenópolis, você logo perceberá que a cidade é mesmo encantadora. Para isso, bastará uma voltinha rápida pelo Centro Histórico. Os casarios coloniais que permeiam as ruas de calçamento de pedras são a cara da cidade. Difícil não reparar nas cores que tomam conta das ruas com as janelas e portas de madeira, sempre pintadas caprichosamente.

Para percorrer o Centro Histórico, comece o passeio pela Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, de onde se tem linda vista para Pirenópolis. Quem gosta de eventos, tem a Festa do Divino e as Cavalhadas, que acontecem um mês e meio depois da Páscoa. E o Festival Gastronômico de Pirenópolis, que acontece em agosto, reunindo chefs renomados que focam em receitas regionais do cerrado e da culinária brasileira.

Pirenópolis é uma cidade pequena, mas repleta de pontos turísticos para serem visitados durante a viagem, tanto no Centro Histórico quanto nos arredores, onde estão as belas cachoeiras da região. Você pode fazer uma visita rápida ou em férias mais prolongadas que vai ter atrativos para todos os dias.

O passeio por Pirenópolis quase sempre começa pelo Centro Histórico com as casas coloniais coloridos, ruas de calçamento de pedra e igrejas centenárias. Dar a volta completa pelo Centro Histórico, passando pela Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário e os arredores, onde estão a Rua Direita, o Theatro de Pirenópolis, o Cine Pireneus, o Museu das Cavalhadas e a Rua do Lazer (Rua do Rosário), onde está a maior concentração de bares e restaurantes da cidade.

Um pouco mais afastado da Igreja Matriz, temos a Praça do Coreto, a Rua Aurora e a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. Outro destaque é a ponte de madeira sobre o Rio das Almas, onde está o Museu do Divino (antiga Casa de Câmara e Cadeia) e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Vale também a visita à Ponte Pênsil Dona Benta e ao Museu Rodas do Tempo, os dois um pouco afastados do centro, mas que merecem uma visita.

Quer dicas do que fazer? Segue uma lista de sugestões:

1. Igrejas: Matriz Nossa Senhora do Rosário, Igreja Nossa Senhora do Carmo e Igreja Nosso Senhor do Bonfim.

2. Museus: Museu do Divino (antiga Casa de Câmara e Cadeia), Museu da Arte Sacra, Museu das Cavalhadas (Rua Direita), Museu Rodas do Tempo, Museu da Família Pompeu (Rua Nova) e Fazenda Babilônia (visita ou visita + café colonial).

3. Cervejarias: Santa Dica Cervejaria, Casarão Cervejaria (oferece um tour cervejeiro).

4. Aventura: Parque Estadual do Pirineus (contrate um guia) e atividades no Santuário Vagafogo.

5. Pôr do Sol: Mirante do Ventilador e Pico dos Pirineus.

6. Arquitetura: Casario colonial e pontes (Ponte Pênsil Dona Benta e Ponte sobre o rio das Almas).

7. Comprinhas, arte e artesanato: Feirinha da Praça do Coreto e lojinhas de artesanato espalhadas pelo centro histórico.

Saindo da cidade você pode explorar as belezas naturais de Pirenópolis. São muitas cachoeiras à disposição dos turistas, sempre com excelente infraestrutura, um dos destaques de outros destinos de cachoeiras: o acesso às quedas d’água é fácil e não há grandes trilhas para chegar até elas. Ideal para toda a família! Vamos fazer outro artigo/vídeo mais completo falando sobre as cachoeiras em outro momento.

Região

Os principais atrativos das redondezas de Pirenópolis são naturais. O que mais tem no entorno são cachoeiras. Uma mais bonita que a outra. Segue as principais e as distâncias do centro de Pirenópolis:

  1. Cachoeira da Usina Velha – 3,5 km
  2. Cachoeira Bonsucesso – 5km
  3. Cachoeira Meia Lua – 6km
  4. Santuário da Vida Silvestre Vaga fogo – 6km
  5. Reserva Ecológica Vargem Grande (cachoeiras Santa Maria e Lázaro) – 11km
  6. Cachoeira do Abade – 17km
  7. Cachoeira das Araras – 17km
  8. Salto Corumbá – 31km.
  9. Cachoeira do Rosário – 35km
  10. Cachoeira do Dragão – 40km
  11. Lagoa Azul – 55km

Clima

O clima de Pirenópolis é tropical sub úmido, marcado por duas estações bem definidas: a uma chuvosa e outra seca. Período das chuvas: de outubro a março;

Período da seca: de abril a setembro.  A temperatura em Pirenópolis costuma ficar durante boa parte do ano na casa dos 30°C. Agosto, setembro e outubro costumam ser os mais quentes na cidade.

A melhor época para ir para Pirenópolis é no período de seca que vai de maio a setembro, contudo os meses de maio até junho são os melhores, pois a seca ainda não está muito forte e consegue pegar a vegetação ainda verde. 

Em agosto e setembro vai pegar muito calor e a vegetação toda seca.  No período de chuvas, os meses mais chuvosos são dezembro e janeiro;

Alta temporada: todos os finais de semana, feriados prolongados e o período da Festa do Divino; Baixa temporada: dias de semana.

Acomodações e hospedagem

Pirenópolis é um destino muito turístico e a cidade tem excelente infraestrutura para receber os viajantes. Não faltarão opções de pousadas para alguns dias de descanso em meio aos casarios históricos do interior de Goiás.

A qualidade das hospedagens é ótima e há oferta para todos os bolsos e gostos, de quartos baratinhos em pousadas a hotéis boutique com padrão de resort, como as elegantes pousadas Villa do Comendador, Casarão Villa do Império e Dádiva Hotel Boutique. A escolha vai depender do seu gosto e, claro, bolso!

Nas opções mais baratas, verifique também se o hotel/pousada que você escolheu tem ar-condicionado nos quartos, pois muitas delas não tem. Oferecem apenas ventilador de teto. Verifique também se a pousada/hotel serve ou não café da manhã.

Outro fator que deve considerar na sua escolha e a região de sua hospedagem. Para decidir a melhor região de se hospedar é necessário que leve em conta alguns fatores. Se gosta de agito, talvez seja melhor se hospedar nas proximidades da Rua do Lazer. Nesse caso, use como referência a Igreja Matriz.

Quanto mais perto dela, mais bem localizado no Centro Histórico você estará. Mas se não gosta de muito barulho, talvez a região central não seja a mais indicada para você. As pousadas em Pirenópolis têm preços que variam bastante com a alta temporada. Os valores para as diárias durante a semana — de segunda a quinta-feira — são sempre mais baixos se comparados às sextas, sábados e domingos.

Os dias da semana na cidade são bem mais tranquilos. Nos finais de semana, a cidade lota, por isso espere encontrar tarifas mais salgadas nesses dias. Os feriados prolongados também costumam atrair grande número de turistas para a cidade, assim como as férias escolares. Esteja preparado para pagar mais nessas datas.

Localização e contato

A cidade de Pirenópolis está localizada no estado de Goiás, distante 150 km de Brasília e 130 km de Goiânia, praticamente no meio do caminho entre elas. As duas capitais são boas portas de entrada para quem viaja a partir de outros estados.

Em Pirenópolis, não chegam voos comerciais, por isso o último trecho obrigatoriamente será por via terrestre, seja de carro ou de ônibus. As estradas que levam a Pirenópolis são de boa qualidade e foram recentemente recuperadas, tornando a viagem mais rápida e segura.

Os aeroportos mais próximos de Pirenópolis são o Aeroporto Internacional de Brasília (BSB) — distante 151 km — e o Aeroporto de Goiânia Santa Genoveva (GYN) — distante 120 km. Como a cidade está a meio caminho dessas capitais, vindo de outros estados, você poderá escolher tanto desembarcar no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek em Brasília, quanto no Aeroporto Internacional de Goiânia Santa Genoveva.

A partir daí só seguir viagem até Pirenópolis. Recomendamos o aluguel de um carro para que você tem uma maior opção de locomoção e para conhecer a redondeza da cidade, contudo existe opções de translado de ônibus, saindo da rodoviária interestadual de Brasília ou a contratação de pacotes de viagem com translado incluso.

Como o aeroporto de Brasília tem muito mais opções de voo, vamos dar duas rotas possíveis até Pirenópolis, partindo de lá. A mais curta é pela BR- 070, se for por este caminho, recomendamos uma parada no Salto do Corumbá que fica uns 30 km antes da entrada de Pirenópolis. Nesta opção vai pegar partes da estrada duplicada outras de mão única, mas com vários trechos com terceira faixa para ultrapassagem. Único trecho ruim é entre Corumbá e Pirenópolis, cerca de 10 km. 

Outra opção, um pouco mais longa, é ir pela BR-060, passando por Alexânia. Nesta opção, tem pedágio e a condição da estrada é ótima grande parte duplicada. Se pegar este caminho, recomendamos dar uma paradinha no Restaurante Jerivá e provar algumas das delícias goianas típicas que eles servem por lá, como pamonha doce deliciosa, empadão, jerê (tipo um pastelzinho de forno recheado), pão de queijo e a coxinha maravilhosa.

Para quem gosta de umas comprinhas, indo pela BR-60 você também passará pelo Outlet Premium, contudo, neste trecho tem pedágio.

Além do carro, é possível chegar a Pirenópolis saindo de Brasília de ônibus. O trajeto, com 3h de duração, é operado pela Viação Goianésia e há ônibus disponíveis às 7h30, 9h30, 14h e 17h30. O custo médio da viagem é de R$ 35.

Partindo de Goiânia, também será possível chegar a Pirenópolis de ônibus. Nesse caso, o trajeto, com 2h de duração, é operado pela Viação Goianésia e há apenas um ônibus disponível por dia, às 17h. O custo médio da viagem é de R$ 32. Para quem sai de Anápolis, há ônibus para Pirenópolis às 18h, operado pela Viação Goianésia.

Outras informações

História de Pirenópolis
Mapa de Pirenópolis
Mapa de Pirenópolis

Vamos postar mais vídeos e mais artigos. Acompanhe nosso blog e nosso canal para mais informações sobre Pirenópolis.

Avaliação

Pirenópolis é realmente um lugar interessante e gostoso de se visitar. Mistura natureza, história, gastronomia… um lugar bom para muitos gostos! Vale a pena conhecer!

O que gostamos

Pirenópolis tem ótimas opções de hospedagem e comidas

O que não gostamos.

Pirenópolis fica muito cheia no final de semana.

Veja mais sobre Goiás aqui ! ou em nosso canal no YouTube https://voce.passa.la/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *