Categorias
Brasil Goiás (GO) Hotel O que fazer em Passeios turísticos Pontos turísticos Restaurante

Villa Do Comendador Pousada De Charme em Pirenópolis-Goiás

Pousada de Charme Villa do Comendador

Villa Do Comendador Pousada De Charme é um hotel refúgio extremamente agradável.

A Pousada está localizada em uma das cidades históricas mais charmosas do Brasil. Pirenópolis-Goiás, situada a 03 Km do segundo trevo da entrada da cidade, a pousada incorpora o rústico e o sofisticado, em um ambiente de muita cor e envolto de uma natureza exuberante.

Foi fundada em 2003 e hoje compõe a Associação Roteiros de Charme, o nome da Pousada de Charme Villa do Comendador é uma justa homenagem a cidade de Pirenópolis. Ele vem de um dos mais importantes personagens de sua história Joaquim Alves de Oliveira, “O COMENDADOR”. A pousada foi construída exatamente nas terras por onde passava o Comendador para chegar à cidade de VILLAS-BOAS.

Em cada pequeno espaço, você vai encontrar um traço de carinho e dedicação de seus criadores e isso faz da Villa do Comendador um dos lugares mais relaxantes e especiais da região de Pirenópolis. Simples e rústica e ao mesmo tempo sofisticada, a Villa do Comendador se diferencia no atendimento e no nível de detalhes que vão dos ambientes mais diversos ao mais completo café da manhã.

Veja o vídeo completo em nosso canal.

Ela faz parte da rede Grupo Villa Hotéis, que tem mais dois empreendimentos na cidade de Pirenópolis: o Casarão Villa do Império e o Dádiva Hotel Boutique, ambos seguindo a mesma pegada charmosa e exclusiva que já se tornaram marca registrada do grupo. O fundador, Geovani Ribeiro, já foi premiado como melhor empresário do ramo hoteleiro de Goiás por seus investimentos em Pirenópolis.

Ao redor de toda a Villa do Comendador, vemos espalhadas obras contemporâneas do artista Rogério Godoy e do artesão local Botega, o que torna a pousada um museu de arte moderna a céu aberto. Uma das peças mais características é a do Mascarado, figura típica das Cavalhadas – a festa mais tradicional de Pirenópolis – que também é vista em vários pontos da cidade.

A Villa do Comendador é tida como a melhor hospedagem de Pirenópolis, segundo o TripAdvisor, que já premiou o estabelecimento diversas vezes. A atenção aos detalhes, a receptividade dos funcionários e a qualidade dos serviços prestados misturado à excelente infraestrutura tornam a Villa uma pousada de charme de excelência.

Um refúgio para apreciar a brisa que vem da serra, onde o rústico e o sofisticado se encontram em Pirenópolis.  A Villa do Comendador fez seu nome como uma das hospedagens mais incríveis de Pirenópolis e se tornou um sonho de estadia para quem vai à cidade: ficar na Villa é sinônimo de comodidades e atendimento impecável. Nos finais de semana e feriados, a pousada fica cheia, mas ainda mantem sua exclusividade e privacidade o que a torna referência em Pirenópolis.

Gastronomia

Três restaurantes compõem a parte gastronômica da Villa do Comendador, além da adega, do bar da piscina e do quiosque com sorvetes La Bamba.

O restaurante principal, chamado Restaurante da Villa, é um espaço gastronômico para quem gosta da boa culinária brasileira com ênfase na cozinha goiana, eles utilizam os frutos e produtos do cerrado valorizando a região. Eles dispõem de uma adega de vinhos climatizada, e tudo isso em dois ambientes aconchegantes. Lá é onde se servem todas as refeições.

O café da manhã, incluso na diária, é servido a partir das 8h até as 11h, com uma variedade imensa de quitandas, docinhos e bebidas. É servido um buffet com vários deliciosos bolos caseiros, geleias, pães, frios, sucos, frutas e salgados e é possível também pedir omeletes e tapiocas, feitas na hora pela equipe da cozinha. Na minha opinião é o café da manhã mais completo e gostoso da região.

No início da hospedagem nos informaram que o café da manhã está dividido em dois turnos para evitar aglomerações e pedem para escolher um turno (das 8h às 9h30min e das 9h30min até as 11h). Na hora do almoço e do jantar, o serviço é à lá carte. O cardápio é grande, com várias opções de aves, carnes, massas, pratos vegetarianos e veganos. A média dos preços é abaixo do praticado no centrinho de Pirenópolis, tornando uma opção mais atrativa ainda. Recomendo as brusquetas e o filé ao molho madeira. Tem espaços fora dos restaurantes mais reservados onde pode ser atendido com uma brisa gostosa e mais perto do paisagismo ímpar da pousada. Não-hóspedes podem fazer reserva e desfrutar do restaurante também.  

No mesmo ambiente do restaurante há também a La Cantina Pizzaria, com pizzas grandes e pequenas.  Uma deliciosa pizza com massas finas e crocantes. No lado externo, está o restaurante japonês Tsu-Jiro SUSHI, que funciona a lá carte. Ele traz uma proposta mais refinada e exclusiva, dentro da boa gastronomia Japonesa. É possível pedir um prato completamente personalizado de 26 peças, por exemplo. A Adega da Villa tem vinhos e espumantes de diferentes nacionalidades.

Tanto as pizzas quanto as comidas japonesas também podem ser servidas no ambiente do restaurante principal e todo o cardápio dos três restaurantes pode ser servido nos ambientes próximos a eles. 

Recomendamos as Pizzas são deliciosas feitas na pedra do fogão a lenha. Não deixe de experimentar, eu particularmente amei.

Nas áreas de lazer, tem o bar da piscina, que serve diferentes bebidas alcoólicas, incluindo a cerveja da região de Pirenópolis Santa Dica. Há também petiscos e sanduíches. Um quiosque que vende sorvetes e picolés gourmet da marca La Bamba.

Com um serviço impecável e uma qualidade inegável, escolhermos fazer quase todas as nossas refeições na própria Villa.

Lazer e infraestrutura

A Villa do Comendador é aquela pousada que pode ser considerada um destino por si só. Ideal para quem procura um refúgio de final de semana em Pirenópolis, contudo para aqueles que querem ficar um tempo maior, vão desfrutar de todos os espaços com mais exclusividade ainda, pois a pousada fica menos cheia durante a semana. O espaço do hotel é bem grande: na área de lazer, há duas piscinas para adultos, ambas aquecidas sendo uma delas com borda infinita e só para adultos, jacuzzi aquecida coberta.

Sauna a vapor e um amplo espaço com cadeiras, mesas e espreguiçadeiras.

Ao redor da piscina além das várias espreguiçadeiras há também gazebos charmosos, preceitos para aquelas fotos top. Estas áreas contam com serviço de bar e também a champanheria Villa Moet Chandon.

A área externa da pousada é muito agradável e bem cuidada, além de ter belos jardins. São vários os cantinhos de descanso com rede e até uma pequena academia ao ar livre. Estas área externa é toda cercada pela natureza e pássaros que vem na alvorada e ao entardecer. Ela conta com vários banheiros espalhados por toda a área comum.

A Villa do Comendador conta ainda com uma academia completa com vários aparelhos. Veja no vídeo tudo que ela oferece.

Nos finais de semana, geralmente são vendidos pacotes que incluem um jantar assinados por excelentes chefs sempre acompanhados de boa música ao vivo.

Para os pequenos, um espaço kids bem montado, com playground, piscina, brinquedoteca e dois parquinhos infantis. Para as mães com bebês, uma salinha especial com trocador, micro-ondas, dentre outras coisas. Veja no vídeo o espaço.  

Um diferencial interessante da Villa do Comendador é a acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida na área comum, já que há diversas rampas de acesso.

SPA

A pousada Villa do Comendador dispõe também de um spa: o Villa Mediterraneê que visa oferecer tratamentos e massagens para o bem-estar dos hóspedes. Ele fica entre a piscina e a área dos bangalôs e conta com tratamentos faciais e corporais.

Uma estátua de Buda dá as boas-vindas aos hóspedes que buscam investir em um tempinho de bem-estar. No interior do spa, cabanas de tratamento e algumas salinhas ficam em torno de um jardim com lago artificial.

O toque, a paisagem, a música e os aromas das essências do Villa Mediterraneê Spa alcançam todos os sentidos e provocam pequenas e sensíveis transformações que nos conduzem a uma incrível sensação de bem-estar.

Sentir–se bem é o desejo, equilíbrio e paz são condições que você pode alcançar através de um profundo relaxamento com terapias, encontrando a saúde física, mental e emocional. Os não-hóspedes também podem fazer reservas no spa.

O Spa Villa Mediterraneê é muito bonito, mas por causa da limitação de funcionários e salas a agenda ficou lotada rapidamente durante o final de semana. Se quiser fazer uma boa massagem, reserve o quanto antes;

Voe de Balão em Piri

Para quem quiser passear de balão, uma das experiências mais únicas de Pirenópolis, a saída é diretamente da recepção do Villa do Comendador. O ingresso é pago à parte para a empresa que realiza o passeio (Voe de Balão em Piri) e custa a partir de R$ 690,00 por pessoa. Negociamos um pagamento a vista e conseguimos um preço com desconto ficando por R$ 650,00.

Vamos fazer um vídeo a parte que pode ser visto no card acima deste vídeo.  

O que tem?

Como a área de Lazer e Área Social são grandes veja uma lista resumida do que vimos na Villa do Comendador:

  • Restaurantes
  • Adega de vinhos
  • Espaço champanhe/drinks
  • Sala de convenções para 80 pessoas
  • Villa Mediterranné Spa e mini academia
  • Salão de jogos e brinquedoteca
  • Loja de artesanato
  • Pizzaria – forno a lenha
  • Piscina principal aquecida
  • Piscina com borda infinita aquecida
  • Piscina infantil pequena
  • Sala de ginástica
  • Sauna Vapor
  • Playground
  • Sala de Jogos
  • Bar Lounge na área da piscina
  • Villa Mediterannê SPA
  • Cantinho do bebê – Espaço com pequena cozinha para as mamães
  • Wireless no restaurante e recepção
  • Champanheria Villa Moet Chandon
  • Restaurante Japonês Tsu-Jiro sushi
  • Restaurante da Villa (A lá carte)
  • Gelateria italiana

Região

Na nossa estadia na da Villa do Comendador, tentamos ir às famosas cachoeiras da região, mas todas estão operando com agendamento e já estavam lotadas para o final de semana. Dica importante para você que quer ir para as cachoeiras, só entra na cidade com reserva na região.

Tem barreira sanitária parando carros para verificar. Compre os ingressos online das cachoeiras com antecedência e já reserve para conseguir ir no dia desejado.

Clima

A época seca vai de junho a setembro e a época das chuvas vai de outubro a maio. Particularmente, eu prefiro viajar na época da seca. Esta época o calor também dá uma trégua trazendo um clima agradável.

Os serviços são melhores e as águas nos rios e cachoeiras da região são mais límpidas. Pode ser que algumas cachoeiras percam um pouco do volume durante a época seca, mas em compensação é mais seguro não pegar chuva nem risco de tromba d’água. É possível visitar Pirenópolis e a Villa do Comendador o ano inteiro e ir as cachoeiras, até porque as trilhas são curtas, ou seja, se começar a chover é fácil ir embora.

Acomodações

Uma das pousadas mais completas de Pirenópolis, tem o diferencial de ter todas as suítes únicas, com detalhes diferenciados em suas acomodações. Ela tem 58 unidades em quatro categorias, entre suítes, chalés e bangalôs espalhados pela propriedade.

Nos quartos, um QR Code te direciona diretamente para uma assistente virtual com todas as informações necessárias sobre a hospedagem, cardápio dos restaurantes, preços do frigobar e menu do spa. Um número de WhatsApp te coloca em contato diretamente com a recepção, que resolve os eventuais problemas de forma rápida e eficiente.

Tudo na Villa do Comendador é pensado para a comodidade do hóspede. A pousada tem diversos tipos de acomodações. Claro que o que chama a atenção são os bangalôs maravilhosos com piscina privativa! Os Bangalôs, cada um deles com uma decoração diferenciada com banheira ou piscina particular. Algumas unidades com sauna úmida e deck para relaxamento, 2 Tvs LCD, cama Box super king e enxovais de 400 fios, frigobar, cofre, secador e amenities L’Occitane.

O destaque dos bangalôs é que todos são diferentes entre si: nomeados de acordo com títulos de nobreza (duquesa, conde, comendador, princesa, etc.), ficam em uma área verde com lindo paisagismo e espaços fotogênicos, a poucos metros das piscinas e dos restaurantes. Camas super-king com enxovais bem montados e amenities by Trousseau são elementos em comum em todos eles (além de claro, TV, ar-condicionado, frigobar…). Em alguns, os hóspedes também podem contar com jacuzzi com hidromassagem, piscina privativa, sauna e deck molhado com espreguiçadeiras.

A decoração é sofisticada, priorizando o marrom e o creme. Para combinar com uma linha rústica, alguns bangalôs têm móveis em madeira e itens decorativos de bambu. Em todos, quadros de arte moderna de diferentes estilos decoram as paredes. Há fotografias, pinturas, ilustrações e muitas outras peças que reafirmam a paixão dos donos do Grupo Villa por arte.

Localização e contato

A Pousada de Charme Villa do Comendador está localizada na cidade de Pirenópolis em Goiás, sendo considerada uma das cidades históricas, no centro-oeste brasileiro.  A Villa do Comendador fica a cinco quilômetros do centro da cidade de Pirenópolis, em um trecho da estrada estadual de pista única.

A localização mais afastada permite que a pousada se torne um refúgio de calmaria, mas exige que o hóspede tenha um carro ou contrate um serviço de transporte. O Uber da Villa até a Rua do Lazer, no centro de Pirenópolis, custa aproximadamente R$ 8. A pousada fica localizada a 5 minutos de carro do centrinho histórico da cidade.

De outras capitais do Brasil ou do exterior, recomendamos pegar voos até Brasília, onde se pode alugar um carro para seguir até Pirenópolis. Saindo de Brasília há duas estradas. A melhor opção é pegar a BR-060 que segue até Abadiânia. A estrada é toda duplicada, pedagiada (4,30 reais por trecho) e está em ótimas condições. Em Abadiânia basta seguir as placas em direção à Pirenópolis. São cerca de 140km de distância.

Outra opção é ir pela BR 070 que tem grande parte duplicada e as partes não duplicadas tem vários trechos com terceira faixa para ultrapassagens. Esta opção não tem pedágios. Somente o pequeno trecho entre a cidade de Corumbá e Pirenópolis não está bom.  Saindo do aeroporto de Brasília são cerca de 2h15min de viagem até Pirenópolis, isso contando com um pouco de trânsito na saída da cidade de Brasília, dependendo do horário e dia da semana.

Endereço e contatos:

Rodovia GO, 431, Km 01

Pirenópolis – GO

CEP: 72980-000 – Brasil

Telefone: (62) 3331-2424 / (62) 3331-1367

https://www.facebook.com/pousadavilladocomendador

https://instagram.com/pousadavilladocomendador

https://www.youtube.com/channel/UCcPJINSBe9L3vcf20MJ-Ycw

reservas:

https://goo.gl/qyk7Tj

Outras informações

Na Villa do Comendador, não há opção de day use para não-hóspedes das áreas comuns da pousada.

As cápsulas da Nespresso disponibilizadas nos quartos são pagas a parte. Os preços estão no menu do frigobar.

O acesso Wi-Fi (gratuito) funciona na sede da pousada, nos restaurantes e na piscina. Em alguns chalés ela funciona, mas não em todos e o sinal é fraco. A velocidade da internet não é muito grande o que impossibilita ver filmes online.  

Há estacionamento gratuito na pousada, contudo a parte mais próxima das áreas de hospedagem é pequena e lota rápido. Cuidado ao deixar seu carro de baixo de algumas árvores, pois algumas tem muitos pássaros e seu carro pode ficar bastante sujo no outro dia.

Avaliação

Nós passamos dias deliciosos na pousada Villa do Comendador. O nosso chalé era charmoso, romântico e aconchegante, contudo, quando chegamos notamos que o chalé que ficamos precisava de mais manutenção. Chuveiro é elétrico e com pouca vazão de água. Papel de parede com algumas partes soltando. Os lençóis estavam manchados, ligamos na recepção e foram trocados.

A manutenção no outro dia deu uma melhorada no chuveiro e melhorou a vazão, mas não ficou como gostamos ainda. Nos foi informado que todas as unidades estão passando por reforma e ficamos em uma não reformada ainda.  Ressaltamos que é uma excelente dica para casais que estão buscando momentos a dois e contato com a natureza, mas com muita sofisticação e conforto e que o atendimento é muito bom e rápido.

Amamos o café da manhã, o jantar especial de sábado à noite, incluso no pacote que adquirimos. Ele teve música ao vivo e uma comida deliciosa. As comidas, de todos os restaurantes é maravilhosa e super em conta comparado com os preços praticados na rua do laser na cidade. O ambiente externo é lindo e aconchegante. Piscinas ótimas e uma ampla ária de laser.

O que gostamos

Destacamos na Villa do Comendador:

  • Serviço e infraestrutura de excelência.
  • Excelentes opções gastronômicas
  • Muita área verde e espaços fotogênicos e agradáveis
  • Serviço extremamente prestativo
  • Distância. Para quem mora em Brasília é uma excelente opção e está pertinho do centro de Pirenópolis;
  • Estrutura de piscinas excelente;
  • Quarto, sala e banheiro grandes;
  • Muito silêncio e tranquilidade;
  • Café da manhã com muitas opções;
  • Muitos espaços mais reservados para você descansar;
  • Sistema de campainha você não tem aquela chateação de ficar acenando para o garçom.

O que não gostamos.

Gostamos de tudo na Villa do Comendador, é nossa hospedagem predileta! Dos poucos pontos que podem melhorar destacamos:

  • Wi-Fi não disponível na área dos bangalôs com qualidade;
  • Piscina aquecida com borda “infinita” fica cheia aos finais de semana;

Veja mais sobre o Brasil aqui

Veja mais sobre hospedagens aqui.

Categorias
Brasil Hotel O que fazer em Passeios turísticos Pernambuco (PE) Pontos turísticos Restaurante

Roteiro Maceió

Roteiro Maceió

Neste Roteiro Maceió venha conosco conhecer um pouco de Maceió e suas lindas praias urbanas. Vamos dar uma ótima dica de hospedagem.  Leia até o até o final e veja também uma ótima dica de restaurante.

Durante o voo é obrigatório o uso de máscara por todo o trajeto. Durante as instruções no início do voo é informado que a nave possui um sistema de renovação e filtragem do ar.  O desembarque da aeronave é feito por fileiras para evitar as tradicionais filhas nos corredores na hora de descer. Todos devem esperar sentados até chegar a vez de sua fileira. O que eu particularmente acho muito melhor e deveria ser sempre assim até pós pandemia.

Praias urbanas de Maceió

O que o Roteiro Maceió não poderia faltar a praia de Pajuçara! Uma das mais famosas praias de Maceió, Pajuçara, é bastante movimentada e procurada por famílias com crianças e mergulhadores em função de suas águas protegidas.

É de lá que partem as rústicas jangadas que levam às piscinas naturais, a dois quilômetros da costa. Entre as atrações, além dos peixes, existe jangadas bar que vendem petiscos e bebidas em meio aos corais.

Na praia existe ainda diversas barracas, chuveiros, ciclovia e pista de cooper. Venho conosco conhecer esta famosa praia urbana em Maceió.

#Maceio #Pajuçara #PiscinasNaturais

00:00 Introdução

00:41 A praia de Pajuçara

00:56 A jangada

06:55 Mergulho das Piscinas Naturais de Pajuçara

10:08 Bar Jangada nas Piscinas Naturais

11:44 A volta para a praia

12:59 A praia de Pajuraça e sua estrutura

Dica de hospedagem

O Roteiro Maceió dar uma super dica de hospedagem. Vale lembras a todos que não recebemos nada para fazer as recomendações que fazemos aqui . Elas são opiniões sinceras de quem usou todos os serviços e visitou todos os lugares que recomendamos.

Localizado em uma das áreas mais privilegiadas da capital alagoana, à beira-mar da praia de Pajuçara, o hotel Best Western Premier Maceió oferece, entre outros itens de conforto, piscina, sauna úmida, fitness, copa do bebê, kid’s club, quartos com TV de LED, cofre eletrônico, máquina de café, frigobar e Wi-Fi gratuito em todas as áreas.

Veja o vídeo completo

O estacionamento privativo tem vagas limitadas e é acessado por manobrista possuindo uma taxa adicional por diária. O quarto é amplo e muito bem conservado. Possui produtos xampu, condicionar e sabonete natura. As toalhas e lençóis são de boa qualidade.

O atendimento ao quarto é excelente, qualquer coisa que queira trocar ou não gostar basta avisar que você é atendido rapidamente. Todos as toalhas, cobertas etc. foram entregues lacrados para maior segurança.

O café da manhã combina o melhor da culinária regional e internacional. Com área destinada para uma alimentação mais saudável e tapiocas diferenciadas, o cardápio do restaurante, o Le Premier, é assinado pelo renomado chef Guga Rocha e conta com deliciosos pratos preparados com ingredientes locais frescos, incluindo alguns itens da horta orgânica do hotel.

Localização

A localização foi a menor para nosso Roteiro Maceió. O hotel está próximo a restaurantes, feiras de artesanato (aproximadamente 500m), localizado de frente para as famosas piscinas naturais da Pajuçara, a 7km do Parque Shopping e a 2 km do Centro de Convenções.

Estrutura

Veja alguns dos diferencias do hotel do nosso Roteiro Maceió

Baby Copa

Um espaço com utensílios para serem usados no preparo de refeições para as crianças. Está disponível das 6h às 22h.

Kid’s Club

O Kid’s Club é um espaço voltado para crianças até os 10 anos e funciona das 8h às 20h         .

(Eles não dispõe de recreadores ou de assistência nesse espaço, portanto, é importante a presença de um adulto responsável por cada criança).

Fitness

O fitness (academia) está aberto das 6h às 22h e dispõe de diversos equipamentos para seu bem-estar, como: esteiras, elípticos, bicicletas, estações de multiexercícios, halteres com uma ampla variedade de pesos, entre outros.

Piscina

A piscina do hotel possui uma área para crianças e uma área para adultos. Está disponível das 8h às 20h.

Sauna Úmida   

A sauna úmida está localizada ao lado do fitness, com acesso pelo corredor lateral da cobertura. Seu funcionamento é das 8h às 20h.

Duchas

As duchas especiais estão localizadas em um ambiente diferenciado para promover o relaxamento e está aberta das 8h às 20h.

Veja mais

Para outras dicas como este Roteiro Maceió, segue alguns links com mais dicas.

Para mais dicas de PASSEIOS TURÍSTICOS.

Para conhecer mais sobre o estado veja PERNAMBUCO (PE)

Outros PONTOS TURÍSTICOS

Mais dicas RESTAURANTE?

Categorias
Brasil Goiás (GO) Hotel O que fazer em Passeios turísticos Pontos turísticos Restaurante

Pirenópolis um refúgio no coração do cerrado

Pirenópolis é aquele refúgio no coração do cerrado perfeito para renovar suas energias. Ela fica entre duas capitais, a cerca de 150 quilômetros de Brasília e 130 quilômetros de Goiânia.

Pirenópolis é uma cidade do interior do estado de Goiás que mantém vivo parte da história goiana. Possui um ambiente de extrema beleza natural e com um povo festivo e hospitaleiro.  Ela mantém seu aspecto antigo e bucólico e foi tombada como patrimônio nacional.

No centrinho histórico ficam as preservadas construções coloniais, como os sobrados e as igrejas. Já nos arredores, escondidas em meio à natureza privilegiada, estão as reservas ecológicas repletas de cachoeiras e fazendas históricas. Como as várias cachoeiras, na sua maioria, fica dentro de reservas ecológicas, você terá que pagar ingresso para visitá-las.

Em tempos de pandemia, o número de visitantes é limitado e recomendamos a compra de ingressos de forma antecipada, principalmente para o final de semana, pois acabam rápido. Tentamos comprar quando chegamos na cidade e não conseguimos ir as cachoeiras pois todos os ingressos já tinham sido vendidos.

Para quem mora em Brasília, Goiânia e região, Pirenópolis é perfeito para aquele bate e volta quando você está com pouco tempo ou, para um final de semana. Recomendamos que antes de ir compre ingresso para algum atrativo ou faça reserva em alguma hospedagem na cidade, pois conforme decreto municipal, para visitar Pirenópolis é obrigatória a apresentação do voucher de hospedagem ou visitação de atrativo.

Gastronomia

Quem visita Pirenópolis não pode deixar de conhecer a Rua do Lazer, um dos principais atrativos da cidade. É uma rua repleta de bares e restaurantes, instalados em belíssimas casas em estilo colonial. Tem opções para todos os gostos e bolsos.

Na verdade, a rua fica localizada na Rua do Rosário. Esse trecho foi denominado “rua do lazer” em 13 de maio de 1997 através de um decreto municipal.  O restaurante que fomos foi o Encontro Marcado. Restaurante e Bar com área externa, petiscos, pratos, chope, drinks e ao som de música ao vivo. Veja no vídeo completo e imagens do ambiente.

Comemos também nos restaurantes que ficam na Villa do Comendador, mas estes vamos mostrar em outro vídeo com detalhes da estadia lá.

Os restaurantes de Pirenópolis não se destacam apenas pelos sabores regionais. A cidade também oferece bons cardápios que rodam o mundo em pratos bem elaborados. A variedade é capaz de agradar a todos os gostos, mesmo os mais requintados.

O investimento vai depender do orçamento de cada um, mas há opções para todos os bolsos. A cidade preza muito pela boa gastronomia e é comum ver cardápios caprichados e festivais gastronômicos que agitam a cidade.

Os saborosos pratos típicos de Goiás são destaque na experiência de viagem por Pirenópolis e vale experimentar cada um deles. Você poderá investir nos pratos à base de pequi; nas maravilhosas galinhadas; no empadão goiano (com ou sem guariroba); nas tradicionais pamonhas (de sal ou de doce); a tradicional carne de lata e nas chapas quentes com diversas combinações para acompanhar as cervejas e vinhos locais.

Há diversos restaurantes na cidade que servem pratos tradicionais, mas no almoço não tem mais tradicional do que o restaurante As Flôr. Irmos almoçar lá é praticamente uma tradição. O restaurante foi fundado em 1972, sendo um dos mais antigos da cidade.

Ele oferece pratos típicos da região e doces caseiros, em ambiente rústico e aconchegante. Comida excelente, bem servida no prato comercial, onde todas as variedades de comida são servidas na mesa e repostas conforme seu pedido.

Grande variedade de legumes e verduras cozidas e cruas, em saladas e refogadas. Três tipos de carne e demais acompanhamentos. Atendimento cortês, porém, demora se o restaurante estiver meio cheio. Excelente opção para quem quer um preço mais acessível ou comer à vontade. 

Contato

https://restauranteasflor.negocio.site/

Telefones: (62) 3331-1276 ou (62) 98493-0379 ou (62) 99480-9125

Endereço:  Avenida Prefeito Sizenando Jaime, 16, Centro Pirenópolis – GO – Brasil

CEP 72980-000

Horário de funcionamento de quinta a segunda das 11:30 às 15:00 Terça e quarta-feira ele fica fechado.

Lazer e infraestrutura

Ao chegar a Pirenópolis, você logo perceberá que a cidade é mesmo encantadora. Para isso, bastará uma voltinha rápida pelo Centro Histórico. Os casarios coloniais que permeiam as ruas de calçamento de pedras são a cara da cidade. Difícil não reparar nas cores que tomam conta das ruas com as janelas e portas de madeira, sempre pintadas caprichosamente.

Para percorrer o Centro Histórico, comece o passeio pela Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, de onde se tem linda vista para Pirenópolis. Quem gosta de eventos, tem a Festa do Divino e as Cavalhadas, que acontecem um mês e meio depois da Páscoa. E o Festival Gastronômico de Pirenópolis, que acontece em agosto, reunindo chefs renomados que focam em receitas regionais do cerrado e da culinária brasileira.

Pirenópolis é uma cidade pequena, mas repleta de pontos turísticos para serem visitados durante a viagem, tanto no Centro Histórico quanto nos arredores, onde estão as belas cachoeiras da região. Você pode fazer uma visita rápida ou em férias mais prolongadas que vai ter atrativos para todos os dias.

O passeio por Pirenópolis quase sempre começa pelo Centro Histórico com as casas coloniais coloridos, ruas de calçamento de pedra e igrejas centenárias. Dar a volta completa pelo Centro Histórico, passando pela Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário e os arredores, onde estão a Rua Direita, o Theatro de Pirenópolis, o Cine Pireneus, o Museu das Cavalhadas e a Rua do Lazer (Rua do Rosário), onde está a maior concentração de bares e restaurantes da cidade.

Um pouco mais afastado da Igreja Matriz, temos a Praça do Coreto, a Rua Aurora e a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim. Outro destaque é a ponte de madeira sobre o Rio das Almas, onde está o Museu do Divino (antiga Casa de Câmara e Cadeia) e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo. Vale também a visita à Ponte Pênsil Dona Benta e ao Museu Rodas do Tempo, os dois um pouco afastados do centro, mas que merecem uma visita.

Quer dicas do que fazer? Segue uma lista de sugestões:

1. Igrejas: Matriz Nossa Senhora do Rosário, Igreja Nossa Senhora do Carmo e Igreja Nosso Senhor do Bonfim.

2. Museus: Museu do Divino (antiga Casa de Câmara e Cadeia), Museu da Arte Sacra, Museu das Cavalhadas (Rua Direita), Museu Rodas do Tempo, Museu da Família Pompeu (Rua Nova) e Fazenda Babilônia (visita ou visita + café colonial).

3. Cervejarias: Santa Dica Cervejaria, Casarão Cervejaria (oferece um tour cervejeiro).

4. Aventura: Parque Estadual do Pirineus (contrate um guia) e atividades no Santuário Vagafogo.

5. Pôr do Sol: Mirante do Ventilador e Pico dos Pirineus.

6. Arquitetura: Casario colonial e pontes (Ponte Pênsil Dona Benta e Ponte sobre o rio das Almas).

7. Comprinhas, arte e artesanato: Feirinha da Praça do Coreto e lojinhas de artesanato espalhadas pelo centro histórico.

Saindo da cidade você pode explorar as belezas naturais de Pirenópolis. São muitas cachoeiras à disposição dos turistas, sempre com excelente infraestrutura, um dos destaques de outros destinos de cachoeiras: o acesso às quedas d’água é fácil e não há grandes trilhas para chegar até elas. Ideal para toda a família! Vamos fazer outro artigo/vídeo mais completo falando sobre as cachoeiras em outro momento.

Região

Os principais atrativos das redondezas de Pirenópolis são naturais. O que mais tem no entorno são cachoeiras. Uma mais bonita que a outra. Segue as principais e as distâncias do centro de Pirenópolis:

  1. Cachoeira da Usina Velha – 3,5 km
  2. Cachoeira Bonsucesso – 5km
  3. Cachoeira Meia Lua – 6km
  4. Santuário da Vida Silvestre Vaga fogo – 6km
  5. Reserva Ecológica Vargem Grande (cachoeiras Santa Maria e Lázaro) – 11km
  6. Cachoeira do Abade – 17km
  7. Cachoeira das Araras – 17km
  8. Salto Corumbá – 31km.
  9. Cachoeira do Rosário – 35km
  10. Cachoeira do Dragão – 40km
  11. Lagoa Azul – 55km

Clima

O clima de Pirenópolis é tropical sub úmido, marcado por duas estações bem definidas: a uma chuvosa e outra seca. Período das chuvas: de outubro a março;

Período da seca: de abril a setembro.  A temperatura em Pirenópolis costuma ficar durante boa parte do ano na casa dos 30°C. Agosto, setembro e outubro costumam ser os mais quentes na cidade.

A melhor época para ir para Pirenópolis é no período de seca que vai de maio a setembro, contudo os meses de maio até junho são os melhores, pois a seca ainda não está muito forte e consegue pegar a vegetação ainda verde. 

Em agosto e setembro vai pegar muito calor e a vegetação toda seca.  No período de chuvas, os meses mais chuvosos são dezembro e janeiro;

Alta temporada: todos os finais de semana, feriados prolongados e o período da Festa do Divino; Baixa temporada: dias de semana.

Acomodações e hospedagem

Pirenópolis é um destino muito turístico e a cidade tem excelente infraestrutura para receber os viajantes. Não faltarão opções de pousadas para alguns dias de descanso em meio aos casarios históricos do interior de Goiás.

A qualidade das hospedagens é ótima e há oferta para todos os bolsos e gostos, de quartos baratinhos em pousadas a hotéis boutique com padrão de resort, como as elegantes pousadas Villa do Comendador, Casarão Villa do Império e Dádiva Hotel Boutique. A escolha vai depender do seu gosto e, claro, bolso!

Nas opções mais baratas, verifique também se o hotel/pousada que você escolheu tem ar-condicionado nos quartos, pois muitas delas não tem. Oferecem apenas ventilador de teto. Verifique também se a pousada/hotel serve ou não café da manhã.

Outro fator que deve considerar na sua escolha e a região de sua hospedagem. Para decidir a melhor região de se hospedar é necessário que leve em conta alguns fatores. Se gosta de agito, talvez seja melhor se hospedar nas proximidades da Rua do Lazer. Nesse caso, use como referência a Igreja Matriz.

Quanto mais perto dela, mais bem localizado no Centro Histórico você estará. Mas se não gosta de muito barulho, talvez a região central não seja a mais indicada para você. As pousadas em Pirenópolis têm preços que variam bastante com a alta temporada. Os valores para as diárias durante a semana — de segunda a quinta-feira — são sempre mais baixos se comparados às sextas, sábados e domingos.

Os dias da semana na cidade são bem mais tranquilos. Nos finais de semana, a cidade lota, por isso espere encontrar tarifas mais salgadas nesses dias. Os feriados prolongados também costumam atrair grande número de turistas para a cidade, assim como as férias escolares. Esteja preparado para pagar mais nessas datas.

Localização e contato

A cidade de Pirenópolis está localizada no estado de Goiás, distante 150 km de Brasília e 130 km de Goiânia, praticamente no meio do caminho entre elas. As duas capitais são boas portas de entrada para quem viaja a partir de outros estados.

Em Pirenópolis, não chegam voos comerciais, por isso o último trecho obrigatoriamente será por via terrestre, seja de carro ou de ônibus. As estradas que levam a Pirenópolis são de boa qualidade e foram recentemente recuperadas, tornando a viagem mais rápida e segura.

Os aeroportos mais próximos de Pirenópolis são o Aeroporto Internacional de Brasília (BSB) — distante 151 km — e o Aeroporto de Goiânia Santa Genoveva (GYN) — distante 120 km. Como a cidade está a meio caminho dessas capitais, vindo de outros estados, você poderá escolher tanto desembarcar no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek em Brasília, quanto no Aeroporto Internacional de Goiânia Santa Genoveva.

A partir daí só seguir viagem até Pirenópolis. Recomendamos o aluguel de um carro para que você tem uma maior opção de locomoção e para conhecer a redondeza da cidade, contudo existe opções de translado de ônibus, saindo da rodoviária interestadual de Brasília ou a contratação de pacotes de viagem com translado incluso.

Como o aeroporto de Brasília tem muito mais opções de voo, vamos dar duas rotas possíveis até Pirenópolis, partindo de lá. A mais curta é pela BR- 070, se for por este caminho, recomendamos uma parada no Salto do Corumbá que fica uns 30 km antes da entrada de Pirenópolis. Nesta opção vai pegar partes da estrada duplicada outras de mão única, mas com vários trechos com terceira faixa para ultrapassagem. Único trecho ruim é entre Corumbá e Pirenópolis, cerca de 10 km. 

Outra opção, um pouco mais longa, é ir pela BR-060, passando por Alexânia. Nesta opção, tem pedágio e a condição da estrada é ótima grande parte duplicada. Se pegar este caminho, recomendamos dar uma paradinha no Restaurante Jerivá e provar algumas das delícias goianas típicas que eles servem por lá, como pamonha doce deliciosa, empadão, jerê (tipo um pastelzinho de forno recheado), pão de queijo e a coxinha maravilhosa.

Para quem gosta de umas comprinhas, indo pela BR-60 você também passará pelo Outlet Premium, contudo, neste trecho tem pedágio.

Além do carro, é possível chegar a Pirenópolis saindo de Brasília de ônibus. O trajeto, com 3h de duração, é operado pela Viação Goianésia e há ônibus disponíveis às 7h30, 9h30, 14h e 17h30. O custo médio da viagem é de R$ 35.

Partindo de Goiânia, também será possível chegar a Pirenópolis de ônibus. Nesse caso, o trajeto, com 2h de duração, é operado pela Viação Goianésia e há apenas um ônibus disponível por dia, às 17h. O custo médio da viagem é de R$ 32. Para quem sai de Anápolis, há ônibus para Pirenópolis às 18h, operado pela Viação Goianésia.

Outras informações

História de Pirenópolis
Mapa de Pirenópolis
Mapa de Pirenópolis

Vamos postar mais vídeos e mais artigos. Acompanhe nosso blog e nosso canal para mais informações sobre Pirenópolis.

Avaliação

Pirenópolis é realmente um lugar interessante e gostoso de se visitar. Mistura natureza, história, gastronomia… um lugar bom para muitos gostos! Vale a pena conhecer!

O que gostamos

Pirenópolis tem ótimas opções de hospedagem e comidas

O que não gostamos.

Pirenópolis fica muito cheia no final de semana.

Veja mais sobre Goiás aqui ! ou em nosso canal no YouTube https://voce.passa.la/